quarta-feira, 30 de abril de 2008

Quase tudo sobre o movimento gay

Foi publicado no dia 21 de junho de 2007
Algumas vezes aparecem artigos que nos dispensam de dizer o que queríamos dizer. Este artigo de José Maria e Silva é um deles.

O trecho final:

Uma prova de que o movimento gay não está lutando por tolerância e, sim, exigindo leniência com seus atos imorais é o Projeto de Lei 5.003, de 2001, chamado de “Lei Anti-Homofobia”, de autoria da deputada federal Iara Bernardi, do PT de São Paulo. Aprovado pelo plenário da Câmara em 28 de novembro do ano passado, o projeto criminaliza praticamente qualquer tipo de crítica aos homossexuais, equiparando-as ao crime de racismo. Com substitutivo final do deputado Luciano Zica, também do PT de São Paulo, a “Lei Anti-Homofobia” — que deverá ser aprovada em caráter definitivo pelo Senado — poderá desencadear uma verdadeira perseguição religiosa no país. Pastores e padres não poderão mais dizer que o homossexualismo é pecado sob pena de serem acusados de “homofobia”.

Aliás, é o que já está acontecendo na prática. Em Rancho Queimado, um município com apenas 2.842 habitantes, em Santa Catarina, o pastor Ademir Kreutzfeld, da Igreja Evangélica Luterana do Brasil, está sendo acusado de homofobia. Em novembro de 2006, o jornal O Tropeiro, de Rancho Queimado, publicou uma matéria especial em que procura mostrar o homossexualismo como algo natural. Tão natural, segundo a matéria, que seria comum nas sociedades antigas e nas culturas indígenas. Usando seus direitos de consumidor e de líder religioso, o pastor Ademir Kreutzfeld ligou para comerciantes locais, questionando o patrocínio para aquele tipo de reportagem.

Os comerciantes ficaram escandalizados com a matéria e retiraram os anúncios. O responsável pelo jornal, um ativista gay de Santa Catarina, transformou uma democrática disputa entre grupos de pressão da sociedade — muito comum em qualquer país desenvolvido — num caso de “homofobia”. Ele deu queixa contra o pastor numa delegacia, e o delegado, em vez de informar que a Lei Anti-Homofobia ainda não foi aprovada, aceitou a queixa, intimando o pastor, que teve de se explicar. E o pastor está sendo processado.

Enquanto isso, por ocasião da visita do Papa ao Brasil, o Grupo Gay da Bahia, liderado pelo antropólogo Luiz Mott, queimou fotos de Bento XVI, numa clara incitação à violência física. E o que é mais grave — queimou as fotos do Papa justamente na porta da Catedral da Sé, em Salvador, numa óbvia invasão da propriedade alheia. Um pastor não pode pedir — pacificamente — que um comerciante deixe de patrocinar um jornal gay, mas os gays podem invadir um templo e queimar — violentamente — a foto de um religioso. Ou seja, antes mesmo de aprovada a Lei Anti-Homofobia, já estamos sob a égide da ditadura gay. (José Maria e Silva)

E durante a “parada gay” de SP um homem vestiu-se de Papa e distribuiu camisinhas como se fossem hóstias. Ainda estamos esperando, é claro, que algum gay público condene este excesso e o de Luiz Mott. Algumas vezes aparecem artigos que nos dispensam de dizer o que queríamos dizer. Este artigo de José Maria e Silva é um deles.

O trecho final:

Uma prova de que o movimento gay não está lutando por tolerância e, sim, exigindo leniência com seus atos imorais é o Projeto de Lei 5.003, de 2001, chamado de “Lei Anti-Homofobia”, de autoria da deputada federal Iara Bernardi, do PT de São Paulo. Aprovado pelo plenário da Câmara em 28 de novembro do ano passado, o projeto criminaliza praticamente qualquer tipo de crítica aos homossexuais, equiparando-as ao crime de racismo. Com substitutivo final do deputado Luciano Zica, também do PT de São Paulo, a “Lei Anti-Homofobia” — que deverá ser aprovada em caráter definitivo pelo Senado — poderá desencadear uma verdadeira perseguição religiosa no país. Pastores e padres não poderão mais dizer que o homossexualismo é pecado sob pena de serem acusados de “homofobia”.

Aliás, é o que já está acontecendo na prática. Em Rancho Queimado, um município com apenas 2.842 habitantes, em Santa Catarina, o pastor Ademir Kreutzfeld, da Igreja Evangélica Luterana do Brasil, está sendo acusado de homofobia. Em novembro de 2006, o jornal O Tropeiro, de Rancho Queimado, publicou uma matéria especial em que procura mostrar o homossexualismo como algo natural. Tão natural, segundo a matéria, que seria comum nas sociedades antigas e nas culturas indígenas. Usando seus direitos de consumidor e de líder religioso, o pastor Ademir Kreutzfeld ligou para comerciantes locais, questionando o patrocínio para aquele tipo de reportagem.

Os comerciantes ficaram escandalizados com a matéria e retiraram os anúncios. O responsável pelo jornal, um ativista gay de Santa Catarina, transformou uma democrática disputa entre grupos de pressão da sociedade — muito comum em qualquer país desenvolvido — num caso de “homofobia”. Ele deu queixa contra o pastor numa delegacia, e o delegado, em vez de informar que a Lei Anti-Homofobia ainda não foi aprovada, aceitou a queixa, intimando o pastor, que teve de se explicar. E o pastor está sendo processado.

Enquanto isso, por ocasião da visita do Papa ao Brasil, o Grupo Gay da Bahia, liderado pelo antropólogo Luiz Mott, queimou fotos de Bento XVI, numa clara incitação à violência física. E o que é mais grave — queimou as fotos do Papa justamente na porta da Catedral da Sé, em Salvador, numa óbvia invasão da propriedade alheia. Um pastor não pode pedir — pacificamente — que um comerciante deixe de patrocinar um jornal gay, mas os gays podem invadir um templo e queimar — violentamente — a foto de um religioso. Ou seja, antes mesmo de aprovada a Lei Anti-Homofobia, já estamos sob a égide da ditadura gay. (José Maria e Silva)

E durante a “parada gay” de SP um homem vestiu-se de Papa e distribuiu camisinhas como se fossem hóstias. Ainda estamos esperando, é claro, que algum gay público condene este excesso e o de Luiz Mott.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

EMBATE ACIRRADO EM PICUÍ

NOMES FORTES VÃO À "LUTA"
É o que se espera para a próxima eleição municipal. Pelo menos dois nomes deverão ser lançados para fazer frente ao atual prefeito, Buba Germano: os ex-prefeitos Severino Pereira Gomes e João Batista Balduíno.

Os três fizeram muito pela nossa terra. Disso não há dúvida. Contudo, sobressaíram em algumas áreas e pecaram em outras.

Buba ajeitou a cidade, dando aspecto administrativo que não existia. Foi bom para a área do esporte, mas não tão bom quanto Balduíno (é o que entendo, mesmo estando de longe), que não soube se articular bem ao ponto de manter o grupo que lhe dera sustentação quando de sua primeira eleição vitoriosa.

Os dois não foram bons para o povo quanto Severino Gomes, que passou um tempo longe da política local, período em que fora prefeito da “recém-emancipada” Baraúna, onde fez história.
Severino Gomes pecou em alguns detalhes, principalmente em não ouvir pessoas que sempre estiveram ao seu lado. Também não soube administrar o que era seu. Deu tudo o que tinha ao povo e ficou na situação que está hoje. Quanto a sua administração, deixo para a opinião dos mais “velhos”. Eu sou suspeito porque sempre estive ao seu lado e sempre estarei. Afinal, foi um dos políticos sérios e honestos que vi na Paraíba.

Mas, as obras de sua administração ainda são vistas e lembradas pelo povo.
Contudo minha opinião é a de que Severino Gomes deveria ter permanecido em Baraúna.

ARAÚJO NETO
Fiquei sabendo que o amigo (de verdade) e companheiro de jornalismo João Pedro Araújo, o nosso querido Araújo Neto (foto), é um dos fortes candidatos entre os que disputarão cadeiras na Câmara Municipal.

Aliás, há muito que Picuí deve a alguns de seus habitantes. Araújo é um deles. Por que não elegê-lo para representar o povo no Poder Legislativo Mirim? Como sabemos, mesmo não sendo detentor de cargo político em nosso município, ele tem sido um grande defensor das causas em prol do município e tem conseguido muita coisa para o povo. Claro que muitos não sabem disso, porém os beneficiados, certamente, jamais esquecerão.

Torço para que o amigo Araújo, dessa vez, comemore a vitória. E nós também, claro.

BARAÚNA
Briga boa vai acontecer, sim, em Baraúna (estou com saudade dessa linda terra!). A atual prefeita, Maria de Fátima, vai enfrentar nada menos do que Adilson do Feijão, que é casado com a irmã do marido da prefeita. Pense que coisa!

É bom lembrar que Fátima venceu a eleição contra Severino Gomes porque Adilson trabalhou demais para ela. Em todos os sentidos. Mas ela não soube retribuir essa confiança e rachou com ele. Agora, não me pergunte o porquê.

Fico triste porque gosto muito de Severino Gomes, Adilson e de Fátima, que foi secretária de Educação no governo municipal na administração dos dois primeiros. Fui funcionário da Prefeitura com eles – mesmo depois do racha de Adilson com Severino Gomes -, mas não imaginava que os trocos fossem dados seguidamente e com tanta rapidez. Infelizmente.

É hora de Fátima e Adilson – todos dentro da mesma famílias – se unirem em torno do progresso de Baraúna.

DAVIA/ANA MANGUEIRA
Estive neste domingo (27/04) na granja dos amigos David e Ana (na foto, os dois de amarelo) Mangueira, na zona rural de Campina Grande. Ali próximo a São José da Mata. Fui acompanhado do pastor Euder Faber, presidente da VINACC, de sua esposa, Janeide Feitosa, e de suas filhas: Júlia e Rebeca.

Foi um dia maravilhoso. David e a Doutora Ana Mangueira (e sua família), que agora são pastores da Igreja Assembléia de Deus, nos recepcionou maravilhosamente.

RECADO PARA BUBA
Meu querido prefeito Buba Germano, prefeito de Picuí, minha terra natal: visitei o site http://www.picui.pb.gov.br/ e pude ver que ainda falta muita coisa para atender as exigências dos internautas picuienses que estão em outras plagas e que sempre buscam informação do que acontece na terrinha. Claro tem informações precisas, contudo dá para ser melhor.

Digo isto porque o site é de responsabilidade da Prefeitura. A cada secretaria deveria ser disponibilizado uma página no site com o trabalho desenvolvido. Exemplos: Secretarias de Saúde, Esportes, Agricultura, Promoção Social e Contas Públicas etc. Gostei da estrutura da Secretaria de Infra-estrutura, sobretudo na questão de gráficos, embora nem todos entendam, pois falta uma melhor explicação. Além disso, a atualização demora muito.

RÁPIDAS
...Achei devagar os trabalhos que está sendo executados na construção do Hospital Regional ora em construção em Campina Grande. Claro, reconhecemos que o governador Cássio Cunha Lima tem passado por sérias dificuldades em seu segundo mandato.

...O ex-vereador Iramir Barreto deve ser um dos próximos a serem nomeados secretários do município de Campina Grande pelo prefeito Veneziano Vital do Rêgo. Merece! Iramir é um homem sério e trabalhador que todo administrador quer ao seu lado. Eu o conheço muito bem!

... Sabemos que adversários sempre encontram uma razão para falar de quem está no poder, mas o prefeito de Alagoa Grande, Bôda, que está concluindo seu segundo mandato, deve fazer seu substituto, pois vem fazendo uma administração digna de elogios. Parabéns, prefeito!

Por hoje é só. Que tenhamos uma semana maravilhosa!

Gomes Silva é natural de Picuí, jornalista e pastor evangélico, estando atualmente dirigindo a Igreja Batista Independente em Parnaíba-PI.

domingo, 27 de abril de 2008

Casamento de Adson com Tamyres

Os irmãos em Cristo Jesus, Tamyres e Adson Nascimento, resolveram juntar tudo em um só lugar. Eles casasram-se neste sexta-feira, dia 26/04/2208.

Os dois foram ovelhas nossas quando pastoreamos uma igreja evangélica no Pedregal.

Quanto à festa foi linda demais.


CONFIRA ALGUMAS DAS FOTOS DO CASAMENTO

sábado, 26 de abril de 2008

Coluna: Golaços de Veneziano

“GOLS” DE VENEZIANO
Considerado um dos melhores prefeitos do país, o de Campina Grande (PB), Veneziano Vital do Rêgo, está para marcar dois golaços em seu primeiro mandato à frente da Prefeitura: a conclusão do Mercado da Feira da Prata e dos terminais do Sistema Integrado de Transporte Coletivo da cidade, localizados no Largo do Açude Novo. Essa iniciativa do “Cabeludo” vai possibilitar que os campinenses possam se deslocar de um bairro para outro pagando apenas uma passagem. Que beleza!

VILA OLÍMPICA
O prefeito Veneziano já havia marcado um “gol olímpico” quando da inauguração da Vila Olímpica Plínio Lemos, um complexo esportivo localizado no bairro de José Pinheiro e que comporta várias modalidades que são oferecidas gratuitamente à população.

Para quem não sabe, essa Vila Olímpica foi construída no antigo Estádio Municipal Plínio Lemos (foto abaixo), onde, por décadas, parte integrante da história do Campinense Clube.

Minha alegria é vê o Plínio Lemos com a estrutura que está depois de contemplar, por muitos anos, na condição de cronista esportivo e na condição de Editor de Esportes do querido Diário da Borborema, o abandono a que fora exposto àquela praça esportiva.

É por isso que o povo de Campina jamais esquecerá o que vem sendo feito na administração de Veneziano.

Depois eu falo sobre as homenagens do prefeito a Valmir, José Aurino de Barros Filho e ao ex-cronista do DB, Humberto de Campos, falecido há pouco tempo.

A NOVA MÁRTIR
O Brasil tem uma nova mártir: Isabella Nardoni, a menina que foi assassinada covardemente por alguém (claro, mas quem?) às vésperas de completar seis anos de idade. O espaço que o caso ganhou da Imprensa nacional e internacional como sendo um dos assassinatos dos mais comovente em nosso país.

Que o fato teve grande repercussão não há dúvida, mas com certeza não faltará, amanhã, quem não dê uma sugestão de canonização. Se o fizeram com um frei que, segundo dizem, fez uma pílula que curou uma menina. Então, tudo é possível...

E AS ISABELLAS DE ONTEM, DE HOJE...?
O caso Isabella foi um prato cheio para a Polícia (leia-se Militar, Civil e Federal, Ministério Público etc). As polícias encontraram um caso para provar que têm competência para desvendar qualquer “mistério” na segurança nacional. E dá nome aos “bois” é uma honra para elas. E tem que fazer, sim, porque, realmente as nossas polícias estão desacreditadas. E esperamos que os assassinados de Isabella sejam conhecidos urgentemente.

A pergunta que faça aos ministros e secretários de Segurança Pública, delegados, juízes: E como ficam as outras Isabellas que foram vítimas de ódio maior do que esse caso?

NO CEARÁ...
...Uma criança de três anos foi morta, na madrugada da última terça-feira, no município de Jardim, que dista 542Km da capital Fortaleza. Ela foi estuprada e estrangulada e deixada num matagal com a boca cheia de capim. Luana de Jesus Amorim Miranda, que em julho próximo iria completar quatro anos, desapareceu de um parque de diversões, próximo a sua casa, na sede municipal, por volta das 19 horas de segunda-feira e só foi encontrada na madrugada de terça, já morta.

Eu estava na cidade de Sobral-CE, quando fui pego de surpresa com aquela notícia. E logo comentei o caso com um rapaz que nos servia no restaurante, lembrando que aquele era um caso que ficava isolado em solo nordestino.

GYSELLE
Apesar de ter perdido o prêmio do BBB8, A piauiense Gyselle Soares aumentou sua popularidade, não só no seu Estado de origem, mas em todo o País. Em seu blog pode-se ler inúmeras mensagens de pessoas de outros estados.

A popularidade de Gyselle é tamanha que a própria TV Globo reconheceu isso: O público gosta dela e o nome de Gyselle dá 'audiência'. Tanto que, no site da emissora, na página EGO, a piauiense, apelidada carinhosamente de "Cajuína", vem ocupando sempre o primeiro lugar.

JORNALISTA SOFRE, SOFRE...
Veja o que alguém escreveu a um colunista de Parnaíba-PI, depois que este chamou um deputado de petulante:

(...) Desde quando um "escritor" de blog (que nem mesmo sabe escrever direito), pode dizer que um DEPUTADO era petulante?? ou até mesmo ficar tecendo comentários idiotas, saiba que o dono do portal, muito meu amigo, pode acabar com sua gracinha. E olha isto dá processo meu filho! Agora se prepare, porque você também está com seus dias contatos Sr. Carlson Pessoa...na porca e na fossa! Seu comentário na sua matéria está descabida e infeliz, espero que você conserte...antes que consertem sua cabeça!

Que ameaça, heim?!!! A briga é grande, mas eu tenho um conselho aos dois que nem os conheço: existe uma frase que jamais deveria ser esquecida: “Para a sua luz brilhar não é necessário apagar a luz dos outros”.

CASAMENTO
Hoje acontece o casamento de minhas ex-ovelhas: Adson e Tamyres. Eles vão casar no Salão da Igreja Verbo da Vida, no bairro da Prata. Amanhã eu trago os detalhes.

Bom Final de semana

Gomes Silva é jornalista profissional

ISABELLA: A MAIS NOVA MÁRTIR DO BRASIL

Leila Cordeiro

Quase não há mais palavras para descrever a monstruosidade praticada por esse casal, Alexandre e Anna Carolina, contra aquela que eles deveriam ter protegido e preservado a vida toda. Acho que todo mundo já disse tudo e já os colocou no devido lugar que merecem…no lixo, no limbo, no inferno!

A polícia ainda está cautelosa em afirmar taxativamente serem eles os culpados pelo assassinato de Isabella, alegando que precisa ainda concluir as investigações, mas praticamente já deu como certa a culpa dos dois.

E aí, diante de tantas evidências, fica a pergunta: O que pode levar duas pessoas a matar uma criança indefesa? Que não venham dizer que foi por acidente, na busca de uma defesa improvisada. Isso não existe. As marcas de sangue descobertas por toda a parte, mostram o caminho do calvário de Isabella. Por alguma razão sórdida, a menina foi condenada à morte e executada friamente por seus verdugos.

Nem mesmo os vilões criados na imaginação dos escritores, os serial killer verdadeiros, as bruxas más dos desenhos animados, os assassinos dos filmes de terror, os inimigos das galáxias dos filmes de ficção chegam aos pés dessas duas criaturas abomináveis.

Nada que essa madrasta diga vai poder isentá-la da culpa. Nem que é doente mental e que na hora do crime não sabia o que estava fazendo. E o que dizer desse pai? Como ele teve a coragem de segurar as mãozinhas da própria filha soltando o corpo dela no espaço? Ele, não percebeu no auge da sua loucura perversa que estava jogando um pedaço dele mesmo fora?

Vendo as imagens desses dois, quase sendo linchados pela população, xingados de “assassinos” por onde passam, tendo que andar de cabeça baixa escoltados pela polícia, fico imaginando se a ficha ainda não caiu nessas cabeças ocas e, com isso, uma ponta de arrependimento não esteja martelando suas mentes doentias.

Pelas informações da polícia até agora, a gente pode concuir que eles estavam pensando que iriam sair dessa, impunes, que ninguém desconfiaria da história absurda de uma terceira pessoa ter entrado no apartamento , cortado a rede de proteção da janela, batido na criança jogando-a lá de cima, toda machucada. E isso tudo, em poucos minutos.

Vizinhos e um porteiro ouviram quando a madrasta chamou o marido de "ïncompetente”, talvez por ele não ter “completado” com sucesso o serviço do assassinato. Ela deve ter ficado apavorada por que Isabella ainda estava respirando e poderia sobreviver para contar a barbaridade da qual fora víítima apontando os verdadeiros culpados.

Infelizmente isso não aconteceu. Isabella se foi e com ela o segredo do que aconteceu na hora da sua própria execução.

Não estou dizendo nada novo neste meu artigo, nem tão pouco tirando conclusões que ninguém já tirou, e muito menos ainda fazendo um desabafo que ninguém fêz. Estou apenas sendo solidária à dor de um povo, do meu povo brasileiro tão marcado pela violência, um povo que realmente “cansou” da impunidade e quer justiça para a mais nova mártir do Brasil…Isabella!

Fonte: Direto da Redação

sexta-feira, 25 de abril de 2008

COMO TER VIDA ETERNA

Se você morresse hoje, tem certeza de que iria para o céu? Suponhamos que você estivesse diante de Deus, neste momento, e Ele lhe perguntasse: "Por que Eu deveria deixá-lo entrar no meu céu?" O que você diria?

Bem, vamos ver como você pode ter certeza de possuir a vida eterna, de acordo com a Bíblia.

1. A Bíblia diz, em João 5:13: "Estas coisas vos escrevo, a vós que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna." O propósito deste versículo é mostrar que Senhor Deus quer dar-lhe a certeza da vida eterna, e isso porque o ama muito. A vida eterna é:
a) Conhecer Jesus Cristo e ter Sua paz em seu coração agora mesmo. (João 17.3)
b) Viver com Jesus Cristo no céu, por toda a eternidade, depois que você morrer. (João 14. 1-3)

2. A sua necessidade: A Bíblia diz em Romanos 3:23: "Porque todos pecaram e separados estão da glória de Deus". O pecado é desobediência contra Deus. Em Romanos 6:23 diz: "Porque o salárario do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna por Cristo Jesus nosso Senhor." O que aprendemos com estes versículos:

a) Morte é estar separado de Deus agora, nesta vida, que resulta em um coração vazio e inseguro.
b) Morte também é a eterna separação de Deus, no inferno, isto é uma vida sem Cristo durante toda a eternidade.

MAS JESUS UMA VIDA ETERNA PRA VOCÊ!

3. A providência de Deus: A Bíblia diz, em Romanos 5:8, que "Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós pecadores." Deus nos ama tanto que entregou Jesus Cristo. Seu único Filho, para ser castigado, julgadoe condenado á morte de cruz para pagar o preço do pecado em nosso lugar, mesmo sem ter pecado.

Muitas pessoas estão se apegando a qualquer coisa para chegar a Deus: moralidade, boas obras, missas, rezas a santos reencarnação. Esses esforços não tem nenhum poder para purificar o homem de seus pecados. O único meio de chegar a Deus é através de Jesus Cristo.

ACEITE JESUS COMO ÚNICO SENHOR E SALVADOR DE SUA VIDA!

4. A Sua resposta: Em Romanos 10:9-10, "Porque, se com tua boca confessares a Jeus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou destre os mortos, seras salvos: pois é com o coração que se crê para justiça, e com a boca se confessa a respeito da salvação." Para receber Jesus, você precisa arrepender-se dos seus pecados e colocar a sua fé nEle como seu único Senhor, Salvador e Mediador.

ACEITE-O AGORA, POIS ELE ESTAR ESPERANDO O SEU "SIM" PARA ENTRAR EM SEU CORAÇÃO E TE DAR UMA VIDA ETERNA

Do Livro: Evangelismo Pioneiro

Digitação: Carlos Alberto Torres

sábado, 19 de abril de 2008

Hoje é o dia para conhecer a Deus

Pr. Gomes Silva

Ao longo desses quase 17 anos na condição de servo do Deus Altíssimo já ouvi de quase tudo como justificativa para não dá o passo certo em direção à vida eterna: quando eu estiver velho vou para uma igreja evangélica; não vou porque sou tão ruim que Deus não me quer mais; essa “estória” de ser crente é balela – são igrejas que querem o meu dinheiro; não vou ser crente porque onde estou está uma beleza; vou morrer na lei que nasci e fui ensinado pelos meus pais.

Até aí tudo bem. Mesmo porque Deus concedeu a cada ser humano o livre arbítrio para escolher entre o bem e o mau, entre o ir para o céu e para o inferno. Contudo, essas justificativas não justificam a ausência do temor a Deus e a rejeição à Palavra do Evangelho por parte de grande parcela da humanidade espalhada por este mundo de miséria espiritual e estrutural.

(Não quero, aqui, de maneira alguma, direcionar esse artigo simplesmente aqueles que professam uma fé contrária ao que está contida nas Escrituras Sagradas. Mas a todos quantos não têm voltado seus ideais e o seu ser íntimo ao Criador do universo).

A Bíblia diz em Romanos 3:23 “que todos (o homem e mulher) pecaram e destituídos estão da glória de Deus”. E ainda mais que “o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna” (Rm 6:23). Por isso, o homem não pode e nem deve permanecer cético quanto à obra regeneradora de Deus na vida do ser humano. Dizer que vai ficar velho (gozar a vida) para depois aceitar Cristo como seu salvador é arriscado. Pois nesse ínterim, o Senhor pode voltar para buscar a sua igreja redimida. E os que estiverem fora do caminho para a vida eterna, infelizmente não terá outra alternativa senão a de ir para o fogo do inferno (Apocalipse 21:8).

O profeta Isaías, 55:6, expressa o sentimento do seu coração para com aqueles que não querem largar o “mundo carnal”: “buscai o Senhor enquanto se pode achar; invocai-o enquanto está perto”. Através de Jeremias, Deus também dá o seu recado: “Buscar-me-ei e me acharei quando me buscardes de todo o coração; eu serei achado de vós” (Jr. 29:13-14a). Portanto o tempo de buscar a Deus é hoje. Devemos fazer como aquele velho adágio: Nunca deixar para amanhã o que se pode fazer hoje.

O que me dói é ver alguém afirmando que vai morrer na lei de seus pais, que não vai mudar em consideração ao pai ou à mãe – muitos deles já tendo partido há anos. A esses diz a Bíblia em Apocalipse 18:4: “Sai dela povo meu”. Ou seja, quem temer a Deus não permanecerá naquela escuridão espiritual”.

Entendemos que nós devemos ter respeito pelos pais, pelas pessoas que estão ao nosso lado no dia-a-dia porque são importantes em nossas vidas. Todavia, não podemos estagnar a nossa vida espiritual em detrimento de um capricho nocivo. Hoje, o raio de informação acerca da da idolatria e outras misérias que levam para o inferno é muito grande. A própria Bíblia ressalta a importância da comunhão do homem com Deus, que resultará em vida eterna.

É inadmissível que uma pessoa saiba que algo é ruim, é prejudicial a sua saúde, que o distancia do Deus verdadeiro e o faça mover a sua vida. Esse pecado da incredulidade (ou da conivência com ele) também leva o homem à morte (Romanos 6:23).
Por isso a nossa esperança é a de que você que está nos lendo, agora, possa refletir a sua condição atual, vê que não podes mais continuar nessa vida que está te levando para a morte eterna. E que venha correndo, urgentemente, para os braços de Jesus Cristo, que diz: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados (oprimidos) e eu vos aliviarei (...) e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” (Mateus 11:28-30).

Nesse convite tríplice, Jesus está lhe oferecendo salvação, aprendizado e o servir em um mesmo jugo com Ele, mesmo que, para isso, envolva instrução sob disciplina.
Daí a importância de se buscar o Senhor ainda hoje.

Gomes Silva é pastor da Igreja Batista Independente em Parnaíba/PI

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Adeus miracande!

Gomes Silva

LENDO BASTOS FARIAS...
...Vi que a micarande está mesmo com seus dias contados.
Não adiante tentar esconder esse fracasso. Campina Grande não agüenta mais micarande, são João e tantas outras festas.
No caso da micarande, lembro-me como se fosse hoje. Fui chamado para representar a Comunidade Evangélica durante sessão extraordinária na Câmara Municipal, por solicitação do vereador Fernando Carvalho, para discutir a micarande. Lá estiveram representantes do CDL, Sindicatos da rede hoteleira, da Prefeitura entre outros. E ficou claro, através das justificativas expostas, que a micarande não é mais viável para Campina Grande.
Eu, particularmente, fiz minhas considerações da Tribuna da Casa de Félix Araújo, mostrando os prejuízos que esse vento causa à sociedade Campinense. Quantas vidas não foram ceifadas, quantas vidas não ficaram com as marcas dessa festa, quantas entradas nos hospitais, quantos pais de família, hoje, não choram a “partida” de um ente querido? Justamente como frutos da micarande?
Outros lembraram à época o fim de eventos semelhantes nas cidades de Fortaleza (Fortal), João Pessoa (Micaroa) e Recife (Recifefolia).


PARAÍBA PRODUZ ENERGIA AEÓLICA
A Paraíba já produz energia eólica desde novembro de 2007. Treze aerogeradores produzem 10.2 Mega Watts de energia e outras 60 torres estão em construção para gerar 45 Mega-Watts a partir da força dos ventos. Com incentivos fiscais do Governo Estado e ações da Sudema, do DER e do Interpa, o Grupo australiano Pacific Hydro investe aproximadamente R$ 374 milhões na instalação dos parques de energia eólica “Vale dos Ventos” e “Millennium”, no município de Mataraca, Litoral Norte, a 90 quilômetros de João Pessoa

APOIO LOGÍSTICO
Além dos incentivos fiscais, o Governo do Estado ofereceu apoio logístico ao empreendimento da Pacific. O Instituto de Terras da Paraíba fez avaliação técnica para efeito de arrendamento, pela Pacific, das propriedades atingidas pela Usina de Energia Eólica Vale dos Ventos e sua respectiva linha de transmissão localizada em Mataraca.

CARAVANA SOLIDÁRIA
A UEPB está se organizando em uma ação solidária através da qual pretende arrecadar alimentos não-perecíveis e ainda roupas, calçados, cobertores, agasalhos e medicamentos. O que for arrecadado será revertido para as vítimas das últimas chuvas que atingiram a Paraíba. Os locais para arrecadar os donativos, escolhidos pelos organizadores da campanha, são
Faculdade de Administração, Departamento de Comunicação da UEPB, Casa Brasil e o Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da UEPB, em Bodocongó, todos em Campina Grande.

CESTAS BÁSICAS
O governador Cássio Cunha Lima determinou aos seus auxiliares, através da Força-Tarefa, a preparação e distribuição das primeiras 1.580 cestas básicas, que chegaram à Paraíba através do Ministério da Integração Regional. Os preparativos começaram hoje(quarta-feira, 16/04), no Centro Integrado de Cruz das Armas, em João Pessoa, os preparativos para a distribuição das cestas básicas. Já estão prontos os primeiros carregamentos para envio das cestas ao interior do Estado. Como se sabe, o Governo da Paraíba distribuirá 5 mil cestas básicas em caráter emergencial com os desabrigados em todo o Estado.


TIRADENTES
O Cine Brasil antecipa a comemoração do Feriado de Tiradentes, no dia 21 de abril, e apresenta o filme Tiradentes (Brasil – 1998), que conta a luta de Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes, por um Brasil independente de Portugal. Será no próxima sábado, dia 19, pela TV Cultura.
No final do século XVIII, um clima de conspiração tomou conta da sede da capitania das Minas Gerais, Vila Rica. Insatisfeito com o sistema vigente e o aumento indevido de impostos, Joaquim José da Silva Xavier enxerga um caminho aberto e se torna líder da Inconfidência Mineira. Tiradentes sonhou junto com amigos e intelectuais ver o Brasil independente do domínio português, mas esbarrou na traição de Joaquim Silvério dos Reis. O longa é dirigido por Oswaldo Caldeira. O elenco é formado por Humberto Martins, Rodolfo Bottino, Paulo Autran, Giulia Gam, Adriana Esteves e Julia Lemmertz.

___________________________________________________________
RÁPIDAS...
...NOSSO companheiro de jornalismo, Adelton Alves, ex-apresentador do programa JORNAL DE VERDADE ao lado do querido Juarez Amaral e Polion Araújo, deve mesmo assumir a superintendência da Rádio Tabajara, em João Pessoa. Ótima escolha do governador Cássio Cunha Lima

... O SENADOR (aliás, o ex-) Ney Suassuna (PMDB) continua nos bastidores do Senado. Ele continua acreditando na cassação do senador Cícero Lucena. Se isto acontece, claro, ele voltaria a representar o Estado da Paraíba naquela casa. Sei não, mas...

... O VEREADOR Fernando Carvalho (PMDB) propôs à Prefeitura Municipal de Campina Grande a realização de campanhas informativas alusivas ao tratamento da Epilepsia. Ele declarou que os portadores de epilepsia sofrem com o estigma, o preconceito, a vergonha e o medo do desconhecido. Parabéns, Carvalho, por essa iniciativa. Realmente essa trabalho é necessário e o prefeito Veneziano precisa determinar que seus auxiliares ligados à saúde “caem” em campo.

... COM muita justiça, a Câmara Municipal de Campina Grande vai homenagear o ten-cel. do Exército Brasileiro, Francisco Márcio Eugênio Viera Saraiva, atual comandante do 31º Batalhão de Infantaria Motorizado. A propositura é do vereador Perón Japiassu. A cerimônia acontecerá nesta quinta-feira (17/04), às 19h, no plenário do Legislativo Municipal. Quem deve estar muito feliz com essa homenagem ao ten-cel é o cronista Social Tavinho Miranda, grande admirador dele e de sua esposa.

Gomes Silva é jornalista e pastor da Igreja Batista Independente em Parnaíba-PI

sábado, 12 de abril de 2008

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Coluna: Queria estar em Picuí

ALEGRIA GERAL EM PICUÍ
Estou longe da nossa querida Picuí, porém continuo bem informado sobre o que acontece ali, graças as minhas fontes.
Queria estar, sim, nesse momento na minha terra natal para contemplar a felicidade que toma conta da população, graças as chuvas que vêm caindo em solo picuiense, que já foram suficientes para fazer o Açude de Picuí sangrar. Há quase 30 anos isto não acontecia. Esse açude, o primeiro a abastecer a cidade, fica localizado na entrada da cidade (ou, como queira, na saída para Baraúna), mais precisamente no bairro Limeira (O antigo berra bode).

EX-PREFEITO ÀS LÁGRIMAS
Fui informado que o ex-prefeito da cidade no início da década de 60, José Mariano da Silva, hoje residindo no bairro Catolé, em Campina Grande-PB, chorou ao ser informado que o Açude Picuí havia sangrado.

AÇUDE DE CARAIBEIRA
Esse reservatório d’água, responsável pelo abastamento da Picuí por muitos anos e de quase dez cidade do Curimataú no período da estiagem, estava numa situação difícil, mas Deus fez com que ele sangrasse nessas chuvas, levando água para o Açude de Serraria, responsável, hoje, pelo abastecimento da cidade.
Aliás, por falar no açude de Serraria fui informado que ele já recebeu, até domingo último, seis metros d’água na parece, o que representa alívio para os picuienses, que terão água garantida nas torneiras pelo menos por mais uns seis a oitos anos, conforme minhas previsões.

COMO QUERIA ESTAR LÁ...
...
Para ver o prefeito Rubem Germano, Dumas Mahomed, João Bilhete e dona Josefa(meus queridos pais), Joaquim Vidal, João e Ilda (do bar), Severino Gomes, Fenelon Luz, Ednaldo Lúcio, João Vidal, Pedro Nicácio, Zé Baldo e sua esposa Neném; Zé de Berto, Lili, Amorim Guarda, Severino Estrela, Antônio Henrique (poeta), e mais outros bons amigos, como Francisco Araújo, J. Tavares, Jair Gomes, Zé Guarda, Itamar Luz (Pastor Nito), Edinho, Afonso Neves, e essa turma mais jovem da cidade felizes, se abraçando, relembrando os tempos idos em que Rio do Pedro descia com grande volume d’água, atingindo o teto da ponte.

PRESENTE PELA IMAGINAÇÃO
Imagino aquelas pessoas alegres em cima da ponte; alguns pulando nas águas, outros dizendo: há quantos anos não víamos isto em Picuí; a turma do esporte afirmando: “eita, aqui a gente jogava bola, lembrando os inúmeros torneios ali realizados”. Talvez, à época, muitos deles jamais pensando que um dia contemplariam aquele rio como está hoje.
Imagino também meus irmãos em Cristo Jesus nos cultos em suas igrejas agradecendo a Deus pelas chuvas que trouxeram muitas esperanças para o homem do campo. E para o da cidade também.
Obrigado, Senhor, pelas bênçãos direcionadas ao povo da minha terra!

Gomes Silva é jornalista e pastor evangélico da Igreja Batista Independente em Parnaíba-PI

quinta-feira, 10 de abril de 2008

A Europa resistirá à islamização?

Alguns analistas do Islã na Europa Ocidental afirmam que o continente não pode escapar a seu destino “eurábico”; que as tendências dos últimos cinqüenta anos continuarão até que os muçulmanos se tornem a população majoritária e que a lei islâmica (a Shar’ria) prevaleça e impere.

Eu discordo, afirmando que há outro caminho que o continente europeu pode tomar, aquele da resistência à islamização e da reafirmação de modos tradicionais. Os europeus nativos – que perfazem 95 por cento da população – podem insistir quanto a suas tradições e costumes históricos. Se eles assim o fizerem, nada se lhes oporia e ninguém poderia detê-los.

De fato, os europeus estão mostrando visíveis sinais de impaciência com a Shar’ria, que vem avançando pouco a pouco. A legislação na França que proíbe o uso de hijabs[1][lenços recobrindo as cabeças das mulheres] nas salas de aula de escolas públicas sinaliza a relutância em aceitar os modos islâmicos, relutância com a qual se relacionam os esforços para banir burqas, mesquitas e minaretes. Por toda a Europa Ocidental, os partidos antiimigrantes têm, em geral, crescido em popularidade.

Essa resistência tomou um novo rumo poucas semanas atrás [final de março], com dois eventos dramáticos. O primeiro, em 22 de março, quando o próprio Papa Bento XVI batizou, confirmou e deu a Eucaristia a Magdi Allam, de 56 anos, um proeminente muçulmano nascido no Egito e que há muito vive na Itália, onde é um dos principais editores do jornal Corriere della Sera, além de autor bastante conhecido. Batizado, Allam adotou Cristiano como o seu nome do meio[2]. A cerimônia de conversão não poderia ter sido mais destacada, pois se deu durante o serviço religioso noturno na Basílica de São Pedro, na véspera do domingo de Páscoa, com extensa cobertura de muitas estações de televisão, incluindo a do Vaticano.

Allam deu seqüência à sua conversão com uma declaração pungente, na qual afirmou que além “do fenômeno do extremismo e terrorismo islâmico que surgiu em nível global, a raiz do mal é inerente a um Islã que é fisiologicamente violento e historicamente antagônico”. Em outras palavras, o problema não é apenas o islamismo, mas o próprio Islã. Um comentarista, "Spengler", do Asia Times, vai mais longe ao dizer que Allam “representa uma ameaça existencial à vida muçulmana” porque ele “concorda com seus ex-correligionários no repúdio à cultura degradada do Ocidente moderno e lhes oferece algo bastante diferente: uma religião fundada no amor”.

No segundo evento, em 27 de março, o holandês Geert Wilders, de 44 anos, lançou o seu há muito aguardado filme de 15 minutos, Fitna, que consiste de alguns dos mais belicosos versos do Corão, seguidos de ações levadas a cabo por islamitas em anos recentes e de conformidade com tais versos. A implicação óbvia é de que os islamitas estão simplesmente agindo de acordo com suas escrituras. Nas mesmas palavras de Allam, Wilders também afirma que “a raiz do mal é inerente” ao Islã.

Ao contrário de Allam e de Wilders, eu faço sim a distinção entre Islã e islamismo, mas acredito ser imperativo que suas idéias sejam ouvidas sem restrições, vituperações ou punição. Um debate honesto acerca do Islã precisa acontecer.

Se a conversão de Allam foi uma surpresa e o filme de Wilders causou alvoroço crescente três meses antes do lançamento, não ocorreram reações violentas tais como aquelas enfrentadas por críticas ao Islã anteriores. De acordo com o jornal Los Angeles Times, a polícia holandesa contatou imãs para medir a reação nas mesquitas de Amsterdã e descobriu, de acordo com o porta-voz da polícia, Arnold Aben, que “[...] hoje está mais quieto que o habitual. Parece uma espécie de feriado”. No Paquistão, uma demonstração contra o filme atraiu apenas algumas dúzias de manifestantes.

Essa reação relativamente contida aponta para o fato de que as ameaças muçulmanas foram suficientes para garantir a censura. O primeiro-ministro holandês Jan Peter Balkenende condenou Fitna e, depois que 3,6 milhões de visitantes o assistiram no website britânico LiveLeak.com, a empresa anunciou que “[E]m decorrência de ameaças de natureza muito séria à nossa equipe,... à Liveleak não restou alternativa a não ser a de remover o filme Fitna de nossos servidores”. (Dois dias depois, porém, a Liveleak recolocou o filme na web).

Três similaridades merecem menção: (1) tanto Allam (autor de um livro intitulado Viva Israele) quanto Wilders defendem Israel e os judeus; (2) ameaças muçulmanas contra as suas vidas forçaram-nos a viver sob proteção policial 24 horas por dia, durante anos; (3) e, a mais profunda similaridade: ambos compartilham de uma paixão pela civilização européia.

De fato, Allam e Wilders podem representar a vanguarda de uma reafirmação cristã/liberal dos valores europeus. É cedo para fazer previsões, mas esses indivíduos fortes e inamovíveis podem dar o encorajamento e o impulso àqueles que desejam manter a identidade histórica do continente europeu.

[1] NT: Essa legislação francesa é de 2004 e proíbe não apenas os hijabs, mas também uso de solidéus e de cruzes “grandes” em escolas públicas, indicando, portanto, a relutância em aceitar qualquer símbolo religioso, pois o estado francês decidiu enfatizar o seu laicismo, o seu secularismo.

[2] NT: Em alguns países, e em determinadas situações, o nome do meio pretende ressaltar alguma característica notável da pessoa.

Publicado originalmente no Jerusalem Post, em 03/04/2008, sob o título “A movie and a conversion: Europe begins to resist?" [“Um filme e uma conversão: a Europa começa a resistir?”]

Também disponível em danielpipes.org

Autor: Daniel Pipes é um dos maiores especialistas em Oriente Médio, Islã e terrorismo islamista da atualidade. Historiador (Harvard), arabista, ex-professor (universidades de Chicago e Harvard; U.S. Naval War College), Pipes mantém seu próprio site e dirige o Middle East Forum, que concebeu junto com Al Wood e Amy Shargel — enquanto conversavam à mesa da cozinha de sua casa, na Filadélfia — e que hoje, dez anos mais tarde, tem escritórios em Boston, Cleveland e Nova York. Depois do MEF, vieram o Middle East Quartely, o Middle East Intelligence Bulletin e o Campus Watch, dos quais ele participa ativamente. Juntos, esses websites recebem mais de 300 mil visitantes por mês. Por fazer a distinção sistemática entre muçulmanos não-islamistas e extremistas islâmicos, Daniel Pipes tem sido alvo de ataques contundentes. A polêmica gerada por sua nomeação, em 2003, para o Institute of Peace pelo presidente George Bush apenas confirmou o quanto as idéias de Pipes incomodam as organizações islamistas e outros interessados em misturar muçulmanos e terrorismo. Daniel Pipes é autor de 12 livros, entre eles, Militant Islam Reaches America, Conspiracy, The Hidden Hand e Miniatures, coletânea lançada em 2003.

Por Daniel Pipes em 08 de abril de 2008

© 2008 MidiaSemMascara.org